Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Medidas e medições para todos

Crónicas de reflexão sobre medidas e medições. Histórias quase banais sobre temas metrológicos. Ignorância, erros e menosprezo metrológicos correntes.

Medidas e medições para todos

Crónicas de reflexão sobre medidas e medições. Histórias quase banais sobre temas metrológicos. Ignorância, erros e menosprezo metrológicos correntes.

PESOS E MEDIDAS

PESOS E MEDIDAS

Ao quilo e ao litro

 

Pedir, no mercado, cinco quilos de batatas não apresenta ambiguidade alguma por todos saberem do que se trata: cinco quilogramas (kilogramas) de batatas. Quilo é, no comércio e na linguagem correntes, uma abreviatura, uma versão curta de “quilograma” (símbolo, kg), apesar de kilo- ser um prefixo SI (símbolo, k) para (o multiplicador) 103, e não uma abreviatura! Como tal, (este prefixo) usa‑se, por exemplo, em “kilometro”, “kilolitro”, “kilokelvin” (em português corrente e tradicional: quilómetro; quilolitro; quilokelvin) e todas as (possíveis) expressões em que a medida tem um valor (mormente) da ordem de grandeza dos milhares, ou das dezenas de milhar.

Pagamos a energia elétrica – muitos chamam-lhe “pagar a luz” – de acordo com os quilowatts-hora, kilowatts‑hora (kWh, kWh) – e não de acordo com os quilowatts por hora (kW/h), ou quilowatts (kilowatts, kW) – consumidos. Medimos a velocidade do carro em quilómetros por hora (km/h, kmh−1) e não em quilómetros-hora (kmh, kmh); outrossim (o mesmo que “de igual modo”), a variação da temperatura atmosférica, durante esta manhã, poderia exprimir‑se em graus Celsius* por hora (°C/h, °Ch−1).

Compramos combustíveis ao litro, mas às aeronaves o combustível é fornecido ao quilograma, ao quilo (um quilograma de combustível tem sempre o mesmo número de moléculas, um litro, não).

O consumo de combustível do carro exprime-se, entre nós, em litros** por cada cem quilómetros percorridos [L/(100 km)], ou centilitros por quilómetro (cL/km), embora a potência do carro se expresse correntemente em cavalos (cv), uma unidade de potência do “sistema inglês”.

O feijão é comprado ao quilograma (kg) – ao quilo – no supermercado, e ao litro (L) nas mercearias antigas e em muitos mercados do interior de Portugal. O vinho e a água, dependendo da quantidade, compram-se ao litro (L), ao quilolitro (kilolitro, kL), ou ao metro cúbico (m3). Por convenção, o litro (L) é agora equivalente ao decímetro cúbico (dm3) e está desligado (do kg) da água.

Um litro (1 L), unidade de capacidade, não era, por definição, exatamente um decímetro cúbico (dm3) – eram diferentes as definições de litro e de decímetro cúbico –, mas, há cerca de cinquenta anos, o litro passou a ser considerado equivalente ao decímetro cúbico, unidade de volume.

Litro e decímetro cúbico tinham diferentes definições e valores: litro era o volume de um quilograma de água pura à temperatura de (cerca de) quatro graus Celsius (4 °C), a temperatura da massa volúmica máxima da água; todavia, o decímetro cúbico é a milésima parte do metro cúbico***, por sua vez derivado do metro, que é definido, hoje, a partir da velocidade da luz no vazio (c0) e do segundo (s).

 

* Uma designação alternativa de “grau Celsius” poderia ser “celsius” (admitem alguns), à semelhança de, por exemplo, “newton(s)”, “watt(s)”, “joule(s)”.

 

** O litro (L) não pertence ao SI, mas é aceite neste sistema; é uma “unidade de medida fora do sistema”, embora (agora), por convenção, seja equivalente ao decímetro cúbico (dm3). Todavia, ninguém tem cérebro de litro e meio (1,5 L), sim 1500 cm3 (1,5 dm3).

 

*** O litro equivalia, entre outros valores, a 1,000 028 dm3, antes da convenção (em 1964) que estabeleceu a equivalência entre decímetro cúbico (dm3) e litro (L, ou l). Isto é, “litro” passou a ser uma designação alternativa de decímetro cúbico (dm3), deixando de ser válida a definição (de litro) de antigamente.

 

2020‑04-23

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub