Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Medidas e medições para todos

Crónicas de reflexão sobre medidas e medições. Histórias quase banais sobre temas metrológicos. Ignorância, erros e menosprezo metrológicos correntes.

Medidas e medições para todos

Crónicas de reflexão sobre medidas e medições. Histórias quase banais sobre temas metrológicos. Ignorância, erros e menosprezo metrológicos correntes.

ERROS DE MEDIÇÃO

ERROS DE MEDIÇÃO

Valores erráticos

 

Errar é humano!

Agora em latim, mais erudito, mais profundo e mais solene: Errare humanum est.

E quanto mais se erra mais humano se é?!

Errare humanum est, perseverare diabolicum.

O paciente levantou-se cedo e, em jejum – como deve ser, diz-se –, visitou duas farmácias diferentes para que lhe medissem o colesterol. Na primeira farmácia deram‑lhe 234 mg/dL; na segunda farmácia, cerca de vinte minutos depois do teste na primeira farmácia, foram mais amigos e deram‑lhe 206 mg/dL* (duzentos e seis miligramas de colesterol por cada decilitro de sangue, um pouco mais do que 2 g/L, dois gramas de colesterol por cada litro de sangue).

Em outra ocasião, numa sala de enfermagem, o paciente saltou para cima da balança que tinha identificado como uma balança de máximo, das que conservam a indicação do peso no visor após a retirada do objeto. A enfermeira comentou ter havido aumento do peso do paciente relativamente ao valor da pesagem precedente, seis meses antes. O paciente ousou dizer que a balança não pesava bem e, para mostrar isso à enfermeira, voltou a subir para a mesma balança, agora suavemente: o novo valor foi cerca de 150 g menor.

Medir mais do que uma vez, frequentemente, torna evidentes a incerteza e os erros de medição.

Mas não só: um homem com um relógio sabe que horas são; um homem com dois relógios nunca tem a certeza.

Quando se mede uma única vez, como sucede em casa e no supermercado, aparentemente não há erros nem incerteza da medição.

Mesmo que não sejamos metrologicamente ignorantes, porque complicar?

Os erros das medições caseiras e das medições no mercado não são geralmente relevantes.

Quando as medições não são feitas em casa nem no supermercado, em geral convém não sermos displicentes.

O leitor e alguns amigos fazem a medição de uma mesma distância – não relevemos, nem revelemos a técnica, o método e os procedimentos – e comparam os resultados: 15,5 m; 15,4 m; 15,5 m; 15,6 m; 16,8 m; 15,6 m; 15,4 m. Há aqui seis valores que são relativamente próximos; o restante (16,8 m) é bastante diferente dos seis primeiros: é elevada a probabilidade de que este valor (16,8 m) tenha erros, irregularidades, ou enganos inadmissíveis: descarte-se, é um valor errático! É um valor perdido no meio dos outros valores; é uma carta fora do baralho.

Os erros, em princípio, podem ser evitados, corrigidos, compensados; a incerteza, não. A incerteza pode ser controlada, mas não eliminada.

Enquanto não nos livrarmos dos grandes erros, não enxergamos os pequenos. E os erros sistemáticos, ou persistentes, são geralmente mais fáceis de eliminar – quando se tem consciência e conhecimento deles – do que os aleatórios, ocasionais, ou fortuitos.

Não é possível fazer uma lista exaustiva dos erros de medição e suas fontes, nem uma lista completa e indiscutível das causas das incertezas. Além disso, medir grandezas mecânicas é suscetível de erros diferentes, por exemplo, dos das grandezas elétricas.

 

*206 mg/dL=206x10−3 g/(10−1 L)=206x10−2 g/L=2,06 g/L

 

2016-09-08

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub