Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Medidas e medições para todos

Crónicas de reflexão sobre medidas e medições. Histórias quase banais sobre temas metrológicos. Ignorância, erros e menosprezo metrológicos correntes.

Medidas e medições para todos

Crónicas de reflexão sobre medidas e medições. Histórias quase banais sobre temas metrológicos. Ignorância, erros e menosprezo metrológicos correntes.

DANÇAS DE MÉTRICAS

DANÇAS DE MÉTRICAS

Métricas flutuantes

 

As métricas metrológicas são objetivas, verificáveis e praticamente inalteráveis; as métricas ad hoc, específicas, ou de circunstância, são provisórias, controversas e alteráveis (por vezes, quase) a gosto.

Na medição do pH, até ao valor 7 mede‑se a acidez; acima de 7 mede‑se … a alcalinidade.

O teste de inteligência – há vários –, o QI, servirá também de teste de estupidez? E abaixo de que valor?

(Um carro com 24 anos é um “carro velho”; com mais um ano, isto é, com 25 anos, ou mais, é “um [carro] clássico”. Em português, os termos “velho” e “clássico” dão diferentes perceções.)

A classificação normalizada da “eficiência energética” de alguns tipos de eletrodomésticos, na Europa, parece ter começado por ser: A, B, C, D, E, F, G. Decorrido algum tempo, passou a ser: A+++, A++, A+, A, B, C, D, E, F, G. Finalmente, com a alteração de alguns critérios e desta representação simbólica, parece estar a valer de novo a classificação inicial: A, B, C, D, E, F, G.

Entre outras, há também, relativamente à unidade “pacote de açúcar”, a variação da quantidade de açúcar nos pacotes do mesmo (açúcar) que as cafeterias fornecem aos bebedores de café*.

As doses, uma referência, uma bitola e um padrão na restauração (restaurantes e similares), não são todas iguais, incluindo num mesmo restaurante, onde observamos flutuações de cliente para cliente e de dia para dia.

Quando, consciente, ou inconscientemente, se deseja reduzir a desigualdade entre os classificados em alguns processos, os rankings têm poucos escalões**; no caso contrário – quando se quer marcar bem as diferenças – predominam as métricas com muitos escalões.

Nos ciclos do ensino básico, em Portugal, as classificações dos alunos têm cinco (5) escalões: 1, 2, 3, 4, e 5 (números inteiros). Nos ciclos mais elevados, as classificações dos alunos vão de zero a vinte, e com decimais: de 0,00 a 20,00. Segundo esta classificação, as notas têm uma resolução, discriminação, ou poder discriminador de 1/2000 e expressam‑se por valores tais como: 7,85; 10,72; 14,60; 18,25***. 

 

* Em Portugal, os pacotes de açúcar, por via de legislação consecutiva, progressiva e progressista, têm vindo a conter diferentes quantidades: já tiveram 10 g a 12 g; de seguida, 8 g a 10 g; depois, 6 g a 8 g e, futuramente irão ter 4 g a 6 g. (Aparentemente, com manutenção do intervalo de incerteza: 2 g)

 

** Na classificação de casas de restauração (por exemplo, relativamente a preços, serviço e qualidade), na internet, geralmente de uma a cinco estrelas (mas com decimalização das médias!), a Tasquinha do Zé Gordo pode estar classificada com 5 estrelas, mas … com um só votante! (Geralmente, as classificações de estabelecimentos de restauração, na internet, estão quase todas encostadas às “5 estrelas”!)

 

*** Com esta métrica, está implícito que se consegue discriminar entre, por exemplo, 19,99 e 20,00

Todavia, por exemplo, em universidades anglo-saxónias as classificações têm, mesmo nos escalões superiores, uma menor resolução, ou definição. (Menos discriminadoras: não marcam muito as diferenças. São mais progressistas?)

 

2022-06-30

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub